Otoupeira
 

 
     
  » Seções  »  Cinema

Imprimir

   
 
Crítica: Inimigos Públicos

Filmes que contam estórias de gângsteres nunca estiveram entre os meus favoritos. Mas a grande estreia desta sexta-feira, 24 de julho, mudou radicalmente meus conceitos.

Inimigos Públicos (Public Enemies) faz mais do que juntar na mesma produção, dois dos maiores nomes da nova e competente geração de atores. Sim, a presença de Johnny Depp e Christian Bale (Batman – O Cavaleiro das Trevas) é fundamental, mas é apenas uma, entre as inúmeras qualidades da obra.

A ação se passa nos início dos Anos 30, auge da crise conhecida como Grande Depressão. A intensa atividade de lendários gângsteres como Baby Face Nelson e Pretty Boy Floyd faz parte deste momento catastrófico vivido pelos Estados Unidos.

No meio de tudo, destacam-se duas figuras: de um lado, o criminoso John Herbert Dillinger (Depp, charmoso e intrigante). Do outro, o agente do Bureau de Investigação - futuro FBI - Melvin Purvis (Bale, em sintonia perfeita com a seriedade do papel). O esperado e definitivo encontro de ambos é apenas questão de tempo.

O que dá o tom à produção é claro que são os assaltos a bancos, tiroteios e perseguições. Mas ainda há espaço para o inesperado romance entre Dillinger e Billie Frechette (Marion Cotillard) que, embalado pelo clássico Bye Bye Blackbird de Billie Holiday, me fez chorar (e que, inevitável e infelizmente será malhado por alguns críticos).

Tecnicamente falando, o longa é impecável. A inteligência com que luzes e sombras são utilizadas e a devida colocação de cada enquadramento é de encher os olhos. Sem contar a precisão sonora, seja em cenas impactantes como os diversos tiroteios ou nos delicados momentos entre o casal.

Destaque aos últimos minutos de exibição, quando já se tornou tarefa impossível não simpatizar com o carismático criminoso – e até mesmo, como inúmeros americanos da época - torcer por ele.

Meus aplausos ao diretor Michael Mann e a toda equipe de produção, responsáveis por um dos melhores filmes do ano.

por Angela Debellis – angela@otoupeira.com.br

Leia também:

Direto da Toca

Publicado em: 24/7/2009

 

« Voltar
 
 
   
     Copyright 2009 Otoupeira - Todos os direitos reservados